Escolha uma Página

caminhares periféricos
de Altemar de Monteiro

Fruto do mestrado do autor, dramaturgista e diretor Altemar di Monteiro, caminhares periféricos produz uma dobra ao locus acadêmico, acostumadamente branco, trazendo experiências e reflexões sobre as constantes reconfigurações geopolíticas da cidade.

A partir do trajeto percorrido pelo seu grupo Nóis de Teatro na montagem do espetáculo “O Jardim das Flores de Plástico / ato 3: Por baixo do saco preto”, foi desenhado um mapa para territorializar a leitura, guiando o leitor pelas ruas do bairro Granja Portugal, em Fortaleza/CE.

16 x 21 cm / papel Polén Bold 80g / Impressão offset preto e branco / capa papel Supremo 250g / laminação capa Soft Touch / bordas arredondas

lançamento
Sede Noix de Teatro/
Fortaleza, CE

Pin It on Pinterest

Share This